O Instituto Brasileiro do Direito de Defesa - Ibradd, na pessoa de seu presidente, Dr Roberto Parentoni, acabou de emitir Nota Pública sobre a gravidade dos fatos que envolvem atentados de representantes eleitos contra a República Federativa do Brasil.

E-mail Imprimir PDF

O Instituto Brasileiro do Direito de Defesa - Ibradd, na pessoa de seu presidente, Dr Roberto Parentoni, acabou de emitir Nota Pública sobre a gravidade dos fatos que envolvem atentados de representantes eleitos contra a República Federativa do Brasil.

O Instituto Brasileiro do Direito de Defesa - Ibradd, na pessoa de seu presidente, Dr Roberto Parentoni, acabou de emitir Nota Pública sobre a gravidade dos fatos que envolvem atentados de representantes eleitos contra a República Federativa do Brasil.

NOTA PÚBLICA
O Instituto Brasileiro do Direito de Defesa – Ibradd, a fim de promover os Princípios previstos na Constituição da República Federativa do Brasil, vem a público manifestar-se sobre a gravidade das revelações publicadas nos meios jornalísticos1, o que faz nos seguintes termos:

Considerando os fortes indícios de atentados contra os princípios da República Federativa do Brasil.

Considerando que é necessário a sociedade civil dar um passo à frente, no trato com a ‘res’ pública e dos conceitos que regem a Administração Pública.
Considerando que é um dever do Cidadão e das associações velarem pela ÉTICA E MORAL PÚBLICA.

Considerando que os princípios insculpidos nos art. 1º da Constituição da República Federativa do Brasil, garantem o exercício direto da Cidadania.
Considerando que os cidadãos tem o direito de representar diretamente e ser representados.

Considerando o direito de peticionar aos órgãos competentes para a preservação da moral, ética e exercício da cidadania.

Vem a público informar, que será instaurada uma comissão especial, conforme edital a ser publicado oportunamente, para estudo e análise dos fatos que envolvem atentados de representantes eleitos contra a República Federativa do Brasil e para que sejam tomadas as providências cabíveis.

1http://g1.globo.com/politica/noticia/dono-da-jbs-gravou-temer-dando-autorizacao-para-comprar-silencio-de-cunha-diz-jornal.ghtml


São Paulo, 18 de maio de 2017

Roberto Bartolomei Parentoni

Presidente do Ibradd
www.ibradd.org.br
 

Pesquisa

Links

Newsletter

Receba nossos informativos: