As Teorias da Conspiração

E-mail Imprimir PDF

Elas se espalham através dos meios de comunicação e têm ampla divulgação graças à internet. Perguntamos : e se for mesmo verdade?

As teorias da conspiração tratam de teorizar sobre um fato e pressupor outras explicações para este fato, que não a oficial, fazendo-nos muitas vezes duvidar ou começar a repensar aquilo que nos foi ensinado pela nossa família, pela escola, pela igreja, pelo governo, pelos meios de comunicação sobre vários assuntos.

Muitas teorias são lançadas e qualquer pessoa pode fazer isso, mesmo que não existam provas das mesmas, podendo, obviamente, ser refutadas.

Conspiradores estariam dentro de governos, economias, sistemas legais, instituições, empresas, mídia, forjando mentiras, agindo secretamente e escondendo as provas da verdade, com o intuito secreto de manter o poder e o controle sobre pessoas, empresas, associações, governos e mundos.

Assuntos relacionados com governos, nazistas, religiões (católicos, judeus, budistas) holocaustos, comunistas e extraterrestres são temas que já serviram para desencadear uma teoria da conspiração.

Os Estados Unidos, “o paraíso da paranóia”, soma grande número de teorias conspiratórias.

À primeira análise, todos se convenceram com as explicações dadas pelo governo dos Estados Unidos sobre os eventos de 11 de Setembro de 2001. No entanto, hoje já não faz sentido para muita gente continuar a acreditar nas teorias oficiais sobre esse acontecimento.

Os aspectos que mais geram dúvidas são as falhas na Defesa Aérea dos EUA, o desabamento das torres, a destruição do Edifício 7, o ataque ao Pentágono e o vôo 93.

Há os que entendem que o orkut é na verdade um instrumento, parte de um amplo projeto secreto de vigilância mundial financiado pelo governo dos Estados Unidos.

Casos de mortes como de Elvis Presley, Marilyn Monroe, Princesa Diana, John F. Kennedy, Bruce Lee, Napoleão Bonaparte e mais recentemente, Saddam Hussein, são objetos de teorias da conspiração.

No Brasil, as mortes de Tancredo Neves, PC Farias, Pedro Collor, Luís Eduardo Magalhães, Ulysses Guimarães, Celso Daniel e a existência do E.T. de Varginha também rendem tema para os teóricos da conspiração.

Nem mesmo os desenhos animados e personagens infantis escapam : o doce e inocente Piu-Piu seria uma criatura híbrida com uma missão: difundir mensagens subliminares de extraterrestres interessados em dominar a Terra. De acordo com versões propagadas pela internet, um certo físico nuclear chamado Denton Creepman chegou à conclusão de que Piu-Piu é resultado de uma mistura de DNA de passarinho e de algum alienígena. Para um observador atento, o formato do rosto do passarinho seria semelhante ao dos homenzinhos verdes que muitas pessoas afirmam já ter topado por aí. Além disso, a gaiola onde vive Piu-Piu lembraria um disco voador.

Os autores das teorias da conspiração baseiam-se em análises, estudos e posteriores conclusões que não podem ser provadas pelo simples fato de que as provas estariam com os conspiradores, que as camuflam ou ocultam para que não se descubra a verdade. Geralmente, partem do pressuposto de que os conspiradores, como inimigos, estão secretamente controlando ou tentando controlar algo, visando atingir seus objetivos maléficos.

Temos razões para suspeitar da existência de conspirações, quando vemos que muitas das teorias da conspiração forma comprovadas pela história.

O fato é que, nem todas as teorias da conspiração são falsas e nem todas são verdadeiras. Muitas teorias falsas são inofensivas e outras podem causar danos graves aos seus alvos, podendo, ainda, vir a provocar guerra de grupos.

Onde ficamos nós em meio a todas essas conspirações?

Estamos imersos num mundo de ilusões. Uma visão crítica, inquiridora e sensata das coisas, dos acontecimentos, das informações que nos chegam é essencial. A procura pelo conhecimento de si mesmo é essencial. Chegamos a um momento em que percebemos que as verdades apresentadas a nós pelos homens não é confiável, talvez nunca tenha sido. Pouco, muito pouco mesmo, é verdade neste mundo. E se assim é, onde encontrar a verdade sobre todas as coisas? A resposta não está fora de nós, mas dentro.

 

 

Pesquisa

Links

 

 

Sites para advogados

Entre em contato para conhecer as soluções ideais de site, e-mail e hospedagem para seu escritório de advocacia:

 

adv@dcestudio.com.br

Newsletter

Receba nossos informativos: